terça-feira, outubro 07, 2008

Finalista


Dous libros meus están na quenda de finalistas de dous premios de lectores: Festina lente no Libro Galego do Ano que organizan Galiciae e El Progreso e O carteiro de Bagdad no Frei Martín Sarmiento.

4 comentários:

O Cabaleiro da Triste Figura disse...

Vai ser vostede a envexa de toda Galicia e parte do estranxeiro. Ándeme con coidado.

folerpa disse...

Cabaleiro, son só finalsita e non creo que gañe ren.
Esquecíao, ben fermosa a canción de Radio Macau , mais pouco entendín da letra malai a fremosoa voz da súa cantante.

O cabaleiro da triste figura disse...

AMANHÃ É SEMPRE LONGE DE MAIS

Pela janela mal fechada
entra já a luz do dia
Morre a sombra desejada
numa esperança fugidia
Foi uma noite sem sono
entre saliva e suor
Com um travo de abandono
e gosto a outro sabor
Dizes-me até amanhã
que tem de ser que te vais
Porque amanhã sabes bem
é sempre longe demais
Acendo mais um cigarro
invento mil ideais
só que amanhã sei-o bem
é sempre longe demais
Pela janela mal fechada
chega a hora do cansaço
vai-se o tempo desfiando
em anéis de fumo baço

folerpa disse...

Anónimo cabaleiro, sempre esta o quite: a letra esta altura da canción. Como comprenderá non podo dicir que vou escribir unha novela basada nela pois non vai a ser que logo gañe un premeio e...